Hogwarts Histories

Hogwarts no tempo da Inquisição.
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  
Neste Momento
Data ON Atual: 30 de Agosto de 1481
Dia da Semana: Sábado
Período do dia: Manhã ensolarada
Tempo: Temperatura de 31ºc
Estação: Verão
Últimos assuntos
» öèêëåâàíèå ïîëîâ
Qui 04 Ago 2011, 10:02 por Convidado

» Warranty
Qui 04 Ago 2011, 09:53 por Convidado

» monica sweetheart interracial hardcore gallery
Qui 04 Ago 2011, 09:19 por Convidado

» ïðîãðàììû íàâèãàöèè
Qui 04 Ago 2011, 08:42 por Convidado

» Dating black women in pa. Southern il dating service.
Qui 04 Ago 2011, 07:55 por Convidado

» resident evil hentai pic resident evil hentai pics
Qui 04 Ago 2011, 02:12 por Convidado

» ëó÷øèå çâåçäíûå äèåòû
Qui 04 Ago 2011, 00:05 por Convidado

» Nuclear Medicine Cardiac Dipyridamole
Qua 03 Ago 2011, 14:22 por Convidado

» Street Drug Teratogens
Dom 31 Jul 2011, 09:41 por Convidado

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Parceiros
Compartilhe | 
 

 Exemplo de Ficha de Inscrição para Outros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Hogwarts Histories
Admin


Mensagens: 61
Data de inscrição: 27/07/2008

MensagemAssunto: Exemplo de Ficha de Inscrição para Outros   Qua 24 Set 2008, 20:13

Nós da ADM percebendo as dificuldades dos players na feitura da ficha de inscrição, resolvemos colocar no ar uma ficha já postada para que possam se basear nela para terem noção de como devem fazer a ficha

Ficha do Personagem.

Nome do Personagem: Catherine McEwen

Idade: 24 anos

Familia :Mãe: Selene McEwen – Já Falecida.
Pai: Dunstan McEwen – 46 anos – Viúvo.

Casa a qual pertenceu: Sonserina

Varinha: Holly, 30 cm, presas de Wyvern

Anima de Estimação : Animal:Falcão
Idade: 2 anos
Nome: Órion

2º Animal: cadela
Idade: 3 anos
Nome:Violet

Descrição Fisica: Loira, cabelos longos lisos, Olhos verdes claros, 1,69, 60kg.

Descrição Psicologia: Tranqüila, Extrovertida(Com já conhecidos), Tímida(Em determinadas situações),Ciumenta, Amorosa, Amiga, Arrogante, Irônica, Calma, Observadora.

Qualidades: Tranquilidade, Observadora, Amiga

Defeitos: Ironia, Arrogância, Ciúmes

Profissão: Medi-bruxa

Peculiaridade: Animaga – Lobo cinza.

Conte a Historia de seu Personagem:
Nascida em uma família totalmente bruxa de linhagem pura, em pleno feriado da noite do Solstício de verão. Viveu sua infância toda ao Norte de Lapónia em seu país natal a Finlândia. Talvez suas maiores lembranças de tal época sejam ter podido observar o tão famoso e majestoso Sol da meia-noite, mas nada lhe apaga o deslumbre de ver sua primeira aurora boreal. Ainda muito jovem viu toda sua vida mudar quando a “caça” aos bruxos começara. Por todos os lados eram ouvidos casos e mais casos. Fugindo de tudo isso sua família se mudara para Londres. Onde o clima era tão igual ou pior, mas ao menos havia mais conhecidos, amigos de família e outros que forma se conquistando. Aos poucos a vida antes tranqüila e pacata ia se transformando. Apesar de muito nova ainda podia sentir e tensão no ar a cada momento. Fora em um desses momentos no qual sua mãe viera a falecer. Em sua mente tal coisa fora apagada ou partes dela, mas a lembrança de correr procurando sua mãe após a noticia de seu pai, e a ver cercada por flores sobre a mesa. Não mais sorrindo, ou não mais podendo ver os olhos claros dela. E seu irmãozinho não mais viria ao mundo. E de como quis fugir dali, dos olhares, das pessoas parecendo tristes só de olhar para ela.

Podia se lembrar da sua casa cheia de pessoas, de seu pai sentado sozinho na cadeira com o amigo do lado. E permanecia debaixo da mesa apenas a ver quem entrava ou saia. Até sentir alguém sentar ao seu lado. E disso ela não esqueceu, ainda mais quando tal pessoa dividiu com ela um pedaço de torta e em silencio ficaram ali até os adultos perceberem, e Aimeé, esposa do amigo de seu pai os encontrar. Pegando Benny e ela pela mão e a levando direto para seu pai. O abraçou apertando.

- Vai ficar tudo bem, papai...- Murmurava em uma voz infantil e carinhosa, sentindo o pai a abraçar ainda mais forte.. E o tempo realmente curava qualquer cicatriz, ou ao menos amenizava tudo. Porém apesar disso receber sua carta de Hogwarts fora mais difícil do que ela sequer imaginou. Ir para um ambiente novo, deixar o pai, não era algo que fora planejado. Mas tudo tem que seguir seu curso no fim de tudo.

Coração acelerado, respiração falha, era isso que sentia enquanto caminhava até o banquinho que decidiria seu futuro. Tinha tantas coisas em mente. Tantos desejos e anseios. Mas o chapéu via além disso. E sentiu quase o ar sendo tirado e seus pulmões quando este berrou simplesmente: Sonserina. As palmas de sua mesa eram grandes, os olhares de seus colegas de viagem eram surpresos. E quando seu olhar cruzou com de outro rapaz agora da casa dos leões. Este apenas sorriu acenando. E retribuiu, tentando assim ter mais coragem para contar a novidade ao seu pai. Afinal era mais esperado ela na Corvinal, casa a qual sua mãe pertenceu ou Grifinoria, a qual seu pai com muito orgulho pertenceu. Mas a resposta veio rápido ainda na primeira semana, junto com alguns chocolates e apenas um recado de que tudo estava bem e que tinha orgulho acima de tudo.

Os anos em Hogwarts passaram mais lentos do que ela sonhava. Ainda mais com as noticias do mundo externo que recebiam e a casa dia o mundo bruxo e o trouxa se afastava ainda mais. Até mesmo a freqüência nas aulas sobre tal assunto caíra. Era um reflexo da pressão sofrida por idealismo e crenças trouxas que infernizavam a vida dos bruxos ou não bruxos, mas que com estes eram confundidos. Mesmo assim o clima ali dentro daqueles muros parecia ser amenizado. E a saudade de casa sempre aumentada ainda mais quando o local mais seguro se tornava muitas vezes longe da família. Coisas que eram mais supridas pelos amigos e amizades que foram sendo feitas com o passar dos anos. Benny fora um desses. Já o via em algumas reuniões familiares. Era como se fosse um querido de sua família, assim como a família deste que Cathe aprendera a respeitar e gostar. Muitas vezes passara seu tempo na biblioteca ao lado do amigo estudando. Ou nos bailes iam juntos apenas por apreciar a companhia um do outro e ignorando qualquer tipo de comentário maldoso. Até porque alguns Benny resolvia com algum olhar mais estreito.

Havia ainda as caminhadas pelos terrenos de Hogwarts. Tinham uma amizade respeitosa, e se ajudavam mutuamente. E Cathe no fundo agradecia por seu pai não desgostar de tal amizade. Confusão? Apenas uma em toda sua estadia, ainda podia se recordar da vergonha de ter ido parar a sala do diretor. Quando um engraçadinho tentara lhe beijar sem seu consentimento. E esta o esbofeteou depois de virar o rosto. Sentindo este lhe segurar o pulso, e logo depois ele estendido no chão. E arregalou os olhos ao ver Benny parado com uma expressão que jamais vira no rosto do amigo. E agradeceu silenciosamente ao amigo quando este omitiu o que realmente havia ocorrido. Pois seria ainda mais vergonhoso, até porque seus pais seriam comunicados de tal coisa. Era o segredo deles que dividiam como também as alegrias e preocupações da época. E seus planos futuros.Assim que se formara, em uma bela festa de comemoração em Hogwarts. Onde abraçou o pai feliz por ter se formado com notas ótimas.

Decidiu por cursar e se tornar Medi-Bruxa. Profissões não era algo visto com bons olhos totalmente. Principalmente a mulheres que geralmente ao se formar já ganhavam um pretendente. Mas algumas famílias tradicionais colocavam em plano a educação. E graças aos deuses seu pai era um desses. Sair de Londres para França onde cursou durante 4 anos e meio seu curso fora difícil. Ainda mais porque agora não mais tinha seu amigo, se correspondia somente por cartas e lógico ia as reuniões festivas e de datas importantes onde podia encontrar com Benny e colocarem as conversas em dia, coisas que faziam sempre mas através de cartas.. A volta para casa fora alegre e ainda mais ter passado com louvor nos testes para poder trabalhar no maior hospital bruxo de Londres, onde poderia enfim colocar em pratica tudo que aprendera.

O tempo sempre corre mais rápido que nossas memórias, isso era um fato constatado. Conforme o tempo passara ficara ainda melhor no que fazia, tinha amigos presentes, conhecidos, mas não gostava nenhum pouco quando o assunto se tornava “pretendentes”. Não via razão em ter pressa... Mas nem todos pensavam a mesma coisa no fim. E fora um choque quando um dia seu pai lhe pedira para conversarem na biblioteca. E este com uam expressão séria lhe comunicou que ela tinha um pretendente. E quando este revelou o nome de tal ela pensou que fosse literalmente cair. Encarava o pai em choque.

- Não posso.. papai.. Benny é meu amigo.- Exclamara vendo o pai a olhar sério.

- Cathe, Você precisa se casar. Todos nós sabemos como a família Chesterman é ótima.

- Não vou me casar com meu amigo!

- Sua festa de noivado será em 2 semanas.- Fora tudo este falou antes de sair da biblioteca. E encarou o vazio desta imaginando se Benny sabia de tal coisa. E um pensamento assolou sua mente pensando se for ao seu amigo que propusera tal coisa sem lhe falar. E os bons modos lhe impediram de simplesmente aparatar na casa deste para uma conversa séria. Ela não sabia como seria dali para frente. Mas sentia-se angustiada só de imaginar um anel em seu dedo. Definitivamente precisava conversar com Bernard Chesterman II.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://hogwartshistories.forumeiros.com
 

Exemplo de Ficha de Inscrição para Outros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hogwarts Histories :: -